Zagueiro iguaçuano busca espaço no Grêmio-RS

NOVA IGUAÇU -  Revelado na Escolinha Laranjinha do Nova Iguaçu, o zagueiro Lucas Rex vem tendo grande ascensão em sua carreira. Apesar ...


NOVA IGUAÇU - Revelado na Escolinha Laranjinha do Nova Iguaçu, o zagueiro Lucas Rex vem tendo grande ascensão em sua carreira. Apesar da pouca idade, 22 anos, o atleta já possui um currículo vasto de clubes e conquistas na carreira. No Rio de Janeiro, já vestiu as camisas do Nova Iguaçu (sub-13), América (sub-15) e Botafogo (sub-17).

Sua primeira experiência fora do Estado, foi exatamente pelo maior rival do Grêmio. Lucas atuou com a camisa do Internacional em 2012, onde conseguiu seus primeiros títulos na carreira (Gaúcho sub-20 e a Copa Santiago). No ano seguinte, mudou-se para Salvador e jogou no Vitória. Com grande destaque no clube baiano, o zagueiro logo tornou-se capitão e ajudou seu time nas conquistas do Baiano (sub 20) e do Torneio Eurovoetbal, realizado na Espanha.

Após destacar-se no clube baiano, Lucas recebeu a oportunidade de retornar a Porto Alegre, desta vez, para vestir a camisa do Grêmio. Foi exatamente no tricolor que o zagueiro teve maior destaque. Manteve a fama de “líder” e logo assumiu a braçadeira de capitão do time sub-20, ajudando seu time a conquistar o Gaúchão (sub-20), em 2014.

Suas atuações chamaram a atenção do Roger, então treinador, que o integrou ao elenco profissional. Em 2016, para adquirir mais experiência, foi emprestado ao Macaé e disputou a Série C do Campeonato Brasileiro. Porém, antes do término do contrato, o tricolor solicitou o seu retorno. Para 2017, o zagueiro que terá seu atual contrato encerrado no final do ano, projeta uma temporada completa com a camisa do Grêmio e confia na força das suas origens para atingir seus objetivos:

– Tudo na minha vida foi muito sofrido e acho que valoriza ainda mais as conquistas. A minha infância em Nova Iguaçu, minha cidade que eu amo tanto, foi bem complicada. Olhar para trás e perceber quantas coisas já superei, isso não tem preço. Estou muito motivado para essa nova temporada com o Grêmio e espero mostrar para o professor Renato que posso ser útil sempre que ele necessitar – disse Rex.

O zagueiro não nega mesmo suas origens, no mês passado casou-se com a jovem Gaúcha, Juliana Oliveira. E o casório aconteceu em uma cerimônia realizada em Nova Iguaçu, que inclusive, contou com a “benção” ilustre do amigo e agora padrinho de casamento, Pedro Rocha:

– Casei jogando em casa (risos). Brincadeira… O futebol nos proporciona muitas coisas e na minha vida uma delas foi ir para o Sul para conhecer a mulher da minha vida. Casar em Nova Iguaçu foi uma decisão em conjunto, como minha família é grande e estão todos por aqui, resolvemos fazer aqui. Fiquei muito feliz, pois é uma cidade que eu tenho um carinho enorme! Em relação ao Pedro, ele é um grande amigo que também o futebol me deu, e ter a participação dele nesse momento tão especial foi muito importante – finalizou Lucas Rex.

Via Super Gol
Reações: 

Poderá gostar também de

Nova Iguaçu 1200268512223258425

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Rede Social

.

.

Popular

Recente

Comentários

Facebook

Google+

Receba matérias no seu e-mail

Arquivo do site

item