FIRJAN: situação financeira das empresas da Baixada Fluminense continua ruim

BAIXADA FLUMINENSE -  A Sondagem Industrial do Sistema FIRJAN - abrangendo as cidades de Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Mag...


BAIXADA FLUMINENSE - A Sondagem Industrial do Sistema FIRJAN - abrangendo as cidades de Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Magé, São João de Meriti e Teresópolis – sinaliza que, em dezembro, houve queda no nível da atividade industrial na Baixada. O indicador de volume de produção apresentou redução (36,0 pontos), o que fez com que a baixa atividade refletisse no mercado de trabalho (45,0). Com isso, a demanda por produtos industriais foi suprida através da redução do nível de estoques (44,0), que ficaram, inclusive, abaixo do planejado (46,3). Por conta da baixa atividade, a indústria da região operou com 56% da capacidade instalada, resultado bem abaixo da média histórica (67,4%).

A Federação das Indústrias também aponta que os empresários industriais mostraram-se insatisfeitos com as condições financeiras de suas empresas no quarto trimestre do ano. Diante da baixa margem de lucro operacional (27,5) e da dificuldade de acesso ao crédito (27,4), o indicador relacionado à situação financeira registrou 28,2 pontos. A pesquisa, divulgada nesta quinta-feira, dia 9, varia de zero a cem pontos. Os valores abaixo de 50 indicam redução ou pessimismo e acima de 50 representam aumento ou otimismo.

A Sondagem Industrial revela que, para os próximos seis meses, os empresários da região esperam redução da demanda por produtos (44,7). Como consequência, a perspectiva é de queda na compra de matérias-primas (41,9) e nos investimentos (42,5), além de redução no número de empregados (38,0). As vendas para o exterior também é outro indicador que apresenta perspectiva de redução (40,1).

“A Sondagem Industrial da Baixada reflete a situação crítica em que a economia do Brasil e a situação financeira das empresas se encontram. Através do Conselho Empresarial da FIRJAN, continuaremos pensando em saídas estratégicas que contribuam para a retomada do desenvolvimento do setor industrial e, consequentemente, para o crescimento econômico da região”, ressaltou Roberto Leverone, presidente da Representação Regional FIRJAN/CIRJ Baixada Fluminense Área II, em Duque de Caxias.

A Sondagem Industrial da Baixada, abrangendo as cidades de Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Magé, São João de Meriti e Teresópolis, está anexada a esta mensagem.


Via FIRJAN
Reações: 

Poderá gostar também de

Industria 1643797046735999930

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Rede Social

.

.

Popular

Recente

Comentários

Facebook

Google+

Receba matérias no seu e-mail

Arquivo do site

item