Homem é preso acusado de abusar sexualmente de criança de 11 anos

José Carlos Caetano é acusado de abusar sexualmente de criança em Nova Iguaçu Fotos: Ivan Teixeira NOVA IGUAÇU -  José Carlos Caetano, ...

José Carlos Caetano é acusado de abusar sexualmente de criança em Nova Iguaçu Fotos: Ivan Teixeira
NOVA IGUAÇU - José Carlos Caetano, de 48 anos, foi detido por policiais da 58ªDP (Posse), no bairro Andrade Araújo, em Nova Iguaçu, na tarde da última terça-feira. Ele é acusado de abusar sexualmente de uma criança de 11 anos. Segundo as investigações, ele chegou a enviar fotos íntimas para a vítima. O computador de José Carlos foi apreendido e a polícia encontrou fotos e vídeos íntimos de crianças e adolescentes.

Policiais cumpriram mandado de busca e apreensão expedido pelo Juízo da 2ª Vara Criminal de Nova Iguaçu que apura crime de estupro de vulnerável praticado pelo indiciado contra uma vítima de apenas 11 anos de idade à época.

O fato foi comunicado por um parente da criança que trouxe diálogos entre o preso e a criança, através de um aplicativo que era monitorado por um parente que se passava pela vítima. O indiciado tratava a criança por “meu amor”, dizia que a amava, chegando a enviar uma foto do seu pênis, alertando para que a mesma apagasse todo o conteúdo da conversa. A vítima em depoimento chegou a afirmar que o indiciado em uma ocasião a teria beijado na boca e tentado despi-la, aproveitando-se da sua inexperiência e da confiança que tinha com a família, chegando a passar muitas vezes finais de semana na casa delas, aproveitando-se da criança em alguns momentos que ficavam sozinhos.

No cumprimento da busca domiciliar também foi arrecadado farto material fotográfico e de vídeos de cunho pornográfico envolvendo crianças e adolescentes, bem como cinco munições e um coldre de arma de fogo.

Pela posse das munições (cinco no total), sendo duas munições de calibre 9mm (uso restrito) e três de calibre 380 (uso permitido), José Carlos responderá pelo crime do artigo 16 do Estatuto do Desarmamento ,além do crime por armazenar fotografia e vídeos contendo imagens de sexo explícito e/ou pornográfica envolvendo crianças e adolescentes.

Agentes afirmaram que a investigação irá prosseguir no intuito de identificar outras possíveis vítimas, bem como irá representar, também, pela decretação de sua prisão preventiva que apura o crime de estupro de vulnerável.

Via Jornal de Hoje
Reações: 

Poderá gostar também de

Polícia 2636124385612002209

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Rede Social

.

.

Popular

Recente

Comentários

Facebook

Google+

Receba matérias no seu e-mail

Arquivo do site

item