PMs são presos com armas raspadas e carro roubado em Duque de Caxias

DUQUE DE CAXIAS -  Dois cabos da PM foram presos, no início da noite desta sexta-feira, em um carro roubado que circulava por Duque de ...


DUQUE DE CAXIAS - Dois cabos da PM foram presos, no início da noite desta sexta-feira, em um carro roubado que circulava por Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. No veículo, ocupado ainda por outros dois homens — todo o grupo vestia coletes à prova de balas e camisas onde se lia a inscrição “polícia” —, havia um revólver e duas pistolas raspados, além de uma réplica de fuzil. Também foram apreendidos uma máquina de choque, um facão, uma granada de efeito moral e toucas ninja.

Os suspeitos foram localizados por agentes da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) em um posto de gasolina na Avenida Governador Leonel de Moura Brizola, distrito de Gramacho, em Caxias. Pouco antes, populares alertaram os policiais sobre a presença de um carro com as mesmas características — um Renault Logan de cor prata —, ocupado por indivíduos fortemente armados, que estariam praticando uma série de assaltos na região. O automóvel foi roubado na área da 22ª DP (Penha), na Zona Norte do Rio, na última terça-feira.

— Ainda vamos apreciar a ocorrência, mas a princípio eles serão enquadrados por receptação e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito — explicou o delegado Willians Batista, que coordenava os agentes da DHBF em uma diligência próxima ao local das prisões.

Os dois cabos foram identificados como Adilson José Napoleão Filho, de 39 anos, lotado no 19º BPM (Copacabana), e Jerônimo Henrique Moreira Soares, de 42, vinculado ao Batalhão de Policiamento em Grandes Eventos (BPGE). As armas pessoais dos PMs também foram apreendidas pela DHBF. Os outros dois presos são Luciano da Silva Gonçalves, de 39 anos, e Rafael Teixeira de Almeida, de 36.

Na sede da especializada, onde permanecem sob custódia, aguardando os advogados, o grupo não informou o que fazia com as armas nem o motivo de estarem circulando pela região, preferindo manter-se em silêncio.

Via Extra
Reações: 

Poderá gostar também de

Polícia 3430236650411056759

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Rede Social

.

.

Popular

Recente

Comentários

Facebook

Google+

Receba matérias no seu e-mail

Arquivo do site

item