Um cantinho da roça ao lado da estação ferroviária

Agricultores expõem às terças e quintas produtos agroecológicos, que vão desde frutas e verduras até ervas medicinais e ovos de galinha ca...

Agricultores expõem às terças e quintas produtos agroecológicos, que vão desde frutas e verduras até ervas medicinais e ovos de galinha caipira
QUEIMADOS - Quem passar nesta quinta-feira (2) pela subida da estação ferroviária de Queimados, vai se deparar literalmente com um pedacinho da roça em pleno centro. É que a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Agricultura, vai realizar a Feira da Roça, ação que tem por objetivo evitar à comercialização através de atravessadores e apresentar à população produtos agroecológicos, ou seja, mais saudáveis, pois não contém adição de agrotóxicos. A oferta do local é farta: vão desde as tradicionais frutas, legumes e verduras, passa pelos ovos de galinha caipira e ervas medicinais e tem até animais vivos e abatidos, como frango e coelho criados em quintais. E o melhor de tudo, com preços bem mais acessíveis.

Quem está lá sempre com sua barraca de hortaliças, é a retirante nordestina Maria das Graças de Brito, de 63 anos, uma das 30 expositoras do espaço. “Há três anos me cadastrei na secretaria de Agricultura e sustento minha família exclusivamente do trabalho no campo”, disse dona Maria, que também vende seus produtos na tradicional feira livre de domingo e no sítio onde mora. Entre as clientes da dona Maria, está a aposentada Jupira Cunha, de 72 anos, que não perde uma edição da feira. Ela sai com a bolsa cheia, carrega geralmente limão, alface, rúcula e aipim. “Aqui é tudo mais fresquinho e saudável. Até o sabor é diferente”, destaca.

Acompanhamento técnico para melhorar a qualidade dos produtos

De acordo com o Secretário Municipal de Agricultura, Abílio Cardoso, a prefeitura irá disponibilizar um engenheiro agrônomo para acompanhar as atividades dos produtores rurais e melhorar assim ainda mais a qualidade dos produtos comercializados no espaço. “Ele vai fazer as amostragens das terras e uma análise do solo para ver o que é melhor plantar ou não. Será bem mais produtivo e eficaz para todos eles. Investir no agricultor e no trabalhador do campo é uma das missões passadas pelo prefeito Carlos Vilela e nós pretendemos seguir à risca”, disse.

O projeto já existe há seis anos, através da Associação da Feira da Roça de Queimados (AFERQ). O espaço funciona às terças e quintas-feiras, das 6h e 14h, na Rua Elói Teixeira, junto à rampa de acesso da estação ferroviária, no centro. Também são comercializados produtos como: queijo, leite, doces caseiros, húmus de minhoca, mel e manufaturados.

O Coordenador Geral da Associação da Feira da Roça, Claudio Nicolau Alves, destaca que a atividade movimenta cerca de R$ 3 mil em média por edição. Segundo ele, os agricultores cadastrados no projeto passam por um curso técnico de qualificação em agricultura familiar ao longo do ano e participam ainda de capacitações e palestras voltadas para técnicas de plantio e cultivo. “Mais de 90% do nosso faturamento é gasto dentro da cidade de Queimados. Movimentamos a economia local e ainda geramos empregos”, concluiu. 

Via PMQ
Texto e Fotos: Felipe Carvalho 
Reações: 

Poderá gostar também de

Queimados 3378793077433365108

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Rede Social

.

.

Popular

Recente

Comentários

Facebook

Google+

Receba matérias no seu e-mail

Arquivo do site

item