Policiais do 20ºBPM (Mesquita) destroem barricadas do tráfico de Nova Iguaçu

NOVA IGUAÇU -  Cerca de dez policiais militares do 20ºBPM (Mesquita) fizeram ontem uma operação para a retirada de barricadas em divers...


NOVA IGUAÇU - Cerca de dez policiais militares do 20ºBPM (Mesquita) fizeram ontem uma operação para a retirada de barricadas em diversas comunidades de Nova Iguaçu que ficam às margens da Avenida Abílio Augusto Távora (antiga Estrada de Madureira). PMs retiraram trilhos de ferro fincados em ruas, pedregulhos, troncos de árvores, madeiras, entulhos e até um vaso sanitário. Segundo policiais, as barricadas são feitas por alguns moradores a mando de traficantes. Dois caminhões e uma retroescavadeira foram usados para obstruir as ruas das comunidades do Grão Pará, Pantanal, Parquinho e Lagoinha.

De acordo com informações, durante a chegada dos policiais, não houve troca de tiros e ninguém foi preso. Os militares atuaram na avenida Grão Pará, ruas Rio Ouro, Natureza e Safira (comunidade Grão Pará); Rua Mercúrio e Conquista (comunidade do Pantanal); Rua João Nunes de Moraes (comunidade do Parquinho) e ruas Gomes Freire, Leonardo e Lilian Rose (comunidade da Lagoinha).

As regiões, segundo moradores, são dominadas por traficantes e em algumas delas há disputa por pontos de vendas de drogas. Além disso, em comunidades desta região, há toques de recolher imposta por criminosos. Uma das regiões mais perigosas de Nova Iguaçu, Grão Pará, já ganhou destaque negativo na mídia carioca quando há dois anos teve seu chefe do tráfico preso. Apontado pela Polícia Civil como o maior traficante de drogas da Baixada, Carlos Fagner de Souza Pinto, de 25 anos, o Papagaio, foi preso por agentes da 21ª DP (Bonsucesso), na antiga Estrada Rio-São Paulo, em Nova Iguaçu, cidade onde ele comandava dez favelas, todas próximas à Av. Abílio Augusto Távora — antiga Estrada de Madureira. Para protegê-lo, havia escolta feita por comparsas que faziam o papel de batedores em motos. A investigação durou três meses. O criminoso, criado na Nova Brasília, no Complexo do Alemão, foi capturado num táxi, após ser cercado por oito policiais.

Para a polícia, o criminoso confessou que, com 200 homens, comandava as comunidades Grão-Pará — onde, segundo ele, fica seu ‘quartel general’, com oito fuzis em poder do grupo —, Dom Bosco, Pantanal, Vila Belga, Conjunto da Marinha, Parquinho, Marapicu, Campo Belo, Sem Terra e Guacha.

Operação em Nova Era e preso por assaltar diarista no Esplanada

Agentes do serviço reservado do 20ºBPM também fizeram ontem uma operação na comunidade de Jardim Nova Era. O objetivo era impedir que traficantes do local colocassem barricadas e praticassem roubos na região e, principalmente, na Estrada de Madureira, onde o índice de assaltos vem crescendo assustadoramente. Ao entrarem na Rua Afonso Pena, local já indicado por denúncias como sendo um ponto de venda de drogas e reunião de traficantes, os policiais conseguiram flagrar dois suspeitos com um farto material.

A comunidade é dominada pela facção Comando Vermelho (CV). Os suspeitos eram menores de idade e tinham 16 E 17 anos. Com eles foram encontrados cinco tabletes de maconha, um revólver calibre 38, um rádio transmissor, 53 munições de calibre 12 e R$ 260 em espécie.

Outra guarnição do mesmo batalhão prendeu, no bairro Jardim Esplanada, Derlington dos Santos Motta Júnior, de 28 anos. Segundo o sargento Juliano e o cabo Eduardo, eles foram acionados para comparecer à Rua Pensilvânia, onde um homem havia sido detido por um policial lotado na 3ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar. Ao chegarem ao local, os militares foram informados que o suspeito havia acabado de assaltar uma diarista que tinha saído da casa do PM. Com o suspeito foi encontrado um fuzil de brinquedo, um celular e um porta níquel, que seria da vítima.

O bairro Jardim Esplanada tornou-se uma área de constantes assaltos devido a facilidade da rota de fuga dos marginais. Os casos foram encaminhados para a 53ªDP (Mesquita), que funciona como central de flagrantes.

Via Jornal de Hoje
Reações: 

Poderá gostar também de

Tráfico de Drogas 7665139724393867841

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Rede Social

.

.

Popular

Recente

Comentários

Facebook

Google+

Receba matérias no seu e-mail

Arquivo do site

item