Mesquita vence primeira fase do Torneio de Futsal Unificado da Special Olympics

MESQUITA -  “Vai Mesquita”! Assim, a torcida da Escola Municipal Professor Marcos Gil vibrava a cada drible, durante o Torneio de Futsa...


MESQUITA - “Vai Mesquita”! Assim, a torcida da Escola Municipal Professor Marcos Gil vibrava a cada drible, durante o Torneio de Futsal Unificado da Special Olympics, realizado no último sábado, dia 3 de maio, na Vila Olímpica deMesquita. Em uma partida emocionante, Mesquita ganhou de 7x4 contra o Nova Iguaçu, garantindo vaga para a segunda fase de classificação.

Os atletas demonstravam muita garra e felicidade por estarem em campo, após meses de treinamento. A vontade de estar ali representando a cidade era maior que suas limitações, mostrando que é possível que qualquer pessoa atue no ambiente esportivo. Este é o segundo ano em que Mesquita participa do Torneio de Futsal Unificado Especial Olýmpics. Em 2016, o município conquistou o terceiro lugar na fase estadual. “Nos deparamos com muitos atletas qualificados, que treinam muito e, mesmo assim, ficamos em uma boa classificação”, disse Waleska Rangel, coordenadora pedagógica de Educação Física. 

Atualmente, o time é formado por 12 alunos das escolas municipais Professor Marcos Gil e Rotariano Arthur Silva, com idades entre 15 e 20 anos. Devido uma mudança no regulamento, este ano nove alunos foram inscritos para o torneio, além de três parceiros do time, composto por jovens que não possuem deficiência cognitiva com a missão de auxiliar a parte técnica durante os jogos.

Emocionado, o treinador Ronald Drumond, disse se sentir vitorioso a cada avanço dos atletas. “Nossos alunos dão o melhor de si a cada treino e querem ganhar, como qualquer outro atleta. Os meninos são talentosos e temos que mostrar isso. Se tudo der certo, chegaremos ao nacional”, contou.

A próxima fase da competição será na cidade de Maricá, no dia 8 de julho, contra o Fundec de Caxias. “O Fundec é um time forte. Eles estão muito mais tempo nas competições. Daremos o nosso melhor para alcançar a terceira fase. Estou certo que somos capazes de ganhar”, afirmou Ronald.

A Special Olympics é uma organização internacional sem fins lucrativos, que se dedica a apoiar pessoas com deficiências intelectuais através do esporte. Sediada do Brasil desde 1991, em 2014 começou a leva aos municípios do estado do Rio de Janeiro competições de inclusão. “Fico muito feliz por ver o empenho destes jovens. Oportunizá-los no esporte é nossa missão”, explica Rafael Fuiza, coordenador estadual da Special Olympics Brasil. 

Foto: Maicon Ferraz
Reações: 

Poderá gostar também de

Mesquita 109518285505394647

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Rede Social

.

.

Popular

Recente

Comentários

Facebook

Google+

Receba matérias no seu e-mail

Arquivo do site

item