Única cidade da região com uma estação meteorológica, Belford Roxo tem seu Maju

Responsável por estação meteorológica de Belford Roxo é chamado de “Maju” pelos colegas BELFORD ROXO - Não é só o Jornal Nac...



Responsável por estação meteorológica de Belford Roxo é chamado de “Maju” pelos colegas

BELFORD ROXO - Não é só o Jornal Nacional que tem uma “Maju”, alusivo à jornalista Maria Júlia Coutinho, apresentadora da previsão do tempo do “Jornal Nacional", para chamar de sua. Em Belford Roxo, Siqueira Campos, de 43 anos, ganhou o apelido por causa de sua função na cidade. O agente concursado da Defesa Civil é observador climatológico, sendo o responsável pela Estação Meteorológica do município, que é a única da Baixada. Siqueira contou que as brincadeiras começaram dentro da própria casa.

— Foi minha mulher quem começou com isso porque eu sempre falava com ela “hoje vai chover". E realmente chovia. Aí ela começou a me chamar de “homem do tempo", de “Maju”. Agora isso pegou no trabalho também (risos) — brincou.

Apesar da semelhança nos assuntos, e ser formado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o agente não atua como meteorologista. Ou seja, Siqueira não faz previsão do tempo:


— Eu sou responsável por coordenar a equipe que trabalha no Centro de Monitoramento e Gerenciamento de Riscos (CMGR). Acompanho os níveis dos rios, onde está chovendo mais forte. Não faço ainda a previsão do tempo.

É que, se depender da vontade do Maju de Belford Roxo, a partir do ano que vem, ele poderá fazer tais previsões também. Ele quer fazer o Enem no fim do ano para ingressar em uma faculdade de Meteorologia.

— Um bom profissional precisa se atualizar sempre — afirmou.


Siqueira coordena, hoje, uma equipe de cerca de oito profissionais e é subordinado a Secretaria municipal de Defesa Civil e Ordem Urbana. O CMGR funciona há dois anos, mas, desde o início deste ano, passou a contar com maior apoio logístico da Prefeitura de Belford Roxo. Segundo o secretário da pasta, Robenilson Fernandes, a expectativa é de adquirir nos próximos meses equipamentos mais modernos para a maior precisão na prevenção de grandes desastres naturais.

Monitoramento 24 horas

Com as pancadas diárias de chuvas na região, e o forte calor, Belford Roxo sai na frente por ser a única cidade da Baixada em contar com uma estação meteorológica própria. Ela funciona 24h e é capaz de emitir alertas, via SMS, em casos mais graves.


Para receber as mensagens, o morador precisa ligar 199 ou 2761-0456 e cadastrar seu número do telefone, informando nome e CEP da rua onde mora. As informações climáticas também são compartilhadas com a população na internet, através da página no Facebook (Defesa Civil Municipal de Belford Roxo).

Do Centro de Monitoramento, ainda é possível acompanhar o nível dos rios que cortam a cidade. Entre eles, o Rio Botas, o principal do município. Há outros oito pluviômetros automáticos instalados nos bairros.

A intensidade dos raios solares, a umidade relativa do ar, deslizamentos, alagamentos e focos de incêndios e até as previsões oceânicas (marés), também estão entre os serviços da Defesa Civil de Belford Roxo. Mesmo em caso de falta de energia elétrica os serviços não param. Um aparelho de sistema analógico mantém as informações no ar.

Via Extra Mais Baixada
Reações: 

Poderá gostar também de

Defesa Civil 3796443873528493213

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Rede Social

.

.

Popular

Recente

Comentários

Facebook

Google+

Receba matérias no seu e-mail

Arquivo do site

item