Iguaçuanos lotam Vasco Barcelos por vacina contra a febre amarela

NOVA IGUAÇU -  “Tive que comprar caneta para preencher o termo de responsabilidade, pois não tinha nenhuma na sala de imunização”. A re...


NOVA IGUAÇU - “Tive que comprar caneta para preencher o termo de responsabilidade, pois não tinha nenhuma na sala de imunização”. A revelação é da dona de casa Larissa Souza, 21 anos, que levou ontem seus dois filhos ao Centro de Saúde Vasco Barcelos, no Centro de Nova Iguaçu, para tomar a vacina contra a febre amarela. Ela é uma das centenas de pessoas que têm procurado a unidade nos últimos dias, especialmente após a confirmação da primeira morte pela doença no estado, em Casimiro de Abreu, na Região dos Lagos, na semana passada.

Ontem, a equipe de reportagem esteve no posto, o único da cidade que oferece a vacina contra a febre amarela, e acompanhou a saga de quem busca a imunização. Uma grande foi fila no corredor da unidade, e muitas pessoas se queixavam da falta de informações. “Um idoso ficou horas esperando na fila e quando chegou a vez dele disseram que ele não poderia ser vacinado por ter mais de 60 anos. Falta comunicação, alguém deveria passar na fila e avisar aos idosos”, criticou Larissa.
Nova Iguaçu não faz parte das cidades consideradas de risco para a contaminação da febre amarela, e a vacina é indicada para quem vai viajar para cidades que formam o cinturão de bloqueio da doença ou locais onde há suspeitas de casos. “Estou com medo deste surto de febre amarela e decidir tomar a vacina, pois vou viajar para Minas Gerais em abril”, explica a professora Valéria Cristina de Souza, 45 anos.

Imunização será descentralizada

A Prefeitura de Nova Iguaçu informou que já vacinou cerca de 15 mil pessoas contra a febre amarela e que somente na última sexta-feira (17) o município recebeu da Secretaria estadual de Saúde 10 mil doses. Em virtude do aumento da procura pela imunização – O Centro de Saúde tem atendido entre 500 e mil pessoas por dia –, a prefeitura promete iniciar, dentro de duas semanas, uma campanha de prevenção que ampliará para mais 15 o número de pontos de vacinação no município.

A vacinação de febre amarela é permanente para quem viajará para regiões em alerta ou em situação epidemiologia de febre amarela. A campanha de prevenção, que inclui o público alvo de 9 meses até 60 anos, segue até o final do ano. No Vasco Barcelos, o atendimento é de 8h às 17h.

A doença e seus sintomas
A febre amarela é uma doença infecciosa causada por um vírus e transmitida por mosquitos. A infecção pode ser categorizada de duas formas: febre amarela urbana, quando é transmitida pelo Aedes aegypti; ou febre amarela silvestre, quando transmitida pelos mosquitos Haemagogus e Sabethe, que vivem nas copas das árvores.

Os principais sintomas da doença são: febre baixa, dores musculares, de cabeça e nas articulações, náuseas, vômito e fraqueza. Os sintomas duram cerca de quatro dias e vão diminuindo até desaparecer, mas alguns pacientes podem ter sintomas mais graves, cerca de 24 horas após a recuperação do quadro simples ou passar pelo ciclo da doença de forma rápida, podendo atingir vários órgãos do corpo, principalmente o fígado e os rins.

Via Jornal de Hoje
Por Raphael Bittencourt
Reações: 

Poderá gostar também de

Saúde 817200344506848277

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Rede Social

.

.

Popular

Recente

Comentários

Facebook

Google+

Receba matérias no seu e-mail

Arquivo do site

item