Vigilância Sanitária de Belford Roxo recolhe Amostra de carne de dois supermercados para análise

BELFORD ROXO -  A Secretaria de Vigilância Sanitária de Belford Roxo realizou nesta quinta-feira (30) a operação “Cortando na Própria C...


BELFORD ROXO - A Secretaria de Vigilância Sanitária de Belford Roxo realizou nesta quinta-feira (30) a operação “Cortando na Própria Carne”, que vistoriou os supermercados Carrefour e Extra, ambos no Centro. Nos dois estabelecimentos os fiscais recolheram amostras de carne (6,418kg) do frigorífico Friboi, que é uma das empresas investigadas na operação “A Carne é Fraca”, da Polícia Federal. Os produtos foram embalados, lacrados e enviados hoje mesmo ao Laboratório Central de Saúde Pública do Rio de Janeiro Noel Nutels (Lacen-RJ) para análise microbiológica. A ação da Vigilância Sanitária continua amanhã (31-03).
No Carrefour, o secretário Gilson de Souza, a médica veterinária Eucy Galamba e a bióloga Luciana Gusmão recolheram três peças de capa de filé (3,704kg). As embalagens estavam em perfeito estado, lacradas e com validade até 14 de abril. O setor de embutidos foi vistoriado, mas nenhuma irregularidade encontrada.

Das três peças de fraldinha (2,714kg) recolhidas no Extra, uma que pesava 686 gramas continha uma grande quantidade de gordura. Além disso, os produtos estavam com data de validade até amanhã (31/03).

O secretário Gilson de Souza explicou que o governo estadual sugeriu que o município fiscalizasse a carne de mercados e açougues, destacando-se as das empresas citadas na operação “A Carne é Fraca”. Ele destacou que as amostras recolhidas foram enviadas ao Lacen-RJ para verificar se está dentro das condições de qualidade para o consumo. “Estamos zelando pela saúde da população. A operação irá continuar em todo o município”, concluiu.

Eucy Galamba e Luciana Gusmão frisaram que as carnes recolhidas, aparentemente, não apresentavam nenhuma irregularidade. Mas só após a análise microbiológica é que um laudo será emitido. “Em princípio, está tudo normal. Porém, vamos aguardar a conclusão do laboratório”, destacou Galamba.

A aposentada Carla de Oliveira, 67 anos, avaliou como positiva a ação da Vigilância Sanitária. Ela aproveitou a oportunidade e pediu para o órgão fiscalizar os supermercados de Nova Aurora. “Lá muitas mercadorias são ruins. A Prefeitura precisa ir lá para conferir de perto a situação”, finalizou.

Fotos: Ailton Tinho
Reações: 

Poderá gostar também de

Vigilância Sanitária 4185845181005772020

Postar um comentário Default Comments

emo-but-icon

Rede Social

.

.

Popular

Recente

Comentários

Facebook

Google+

Receba matérias no seu e-mail

Arquivo do site

item